·

Dia Internacional de Luta Contra o Câncer Infantil – 15 de fevereiro

A data expressa apoio às crianças e adolescentes acometidos pela doença, os sobreviventes e suas famílias.

O Dia Internacional de Luta Contra o Câncer Infantil completa, em 2021, sua vigésima edição. A data foi criada pela Childhooh Cancer Internacional (CCI) com o intuito de chamar a atenção para o tema, orientando pais e profissionais da saúde sobre essa doença que acomete crianças e adolescentes. A ideia é promover a importância do diagnóstico precoce para aumentar as chances de cura da doença.

A CCI atua para que crianças e jovens tenham acesso a melhores tratamentos, novos medicamentos, informações e amparo aos doentes, sobreviventes e familiares, em todo o mundo.

No Brasil, o câncer infantil é a principal causa de morte entre crianças e adolescentes entre 1 e 19 anos. Estudos recentes demonstram que para cada ano do triênio 2020-2022 são esperados 4.310 novos casos para indivíduos do sexo masculino e 4.150 para o sexo feminino. Números que reforçam a necessidade de acompanhamento médico seja, diante de suspeita de casos, ou, preferencialmente, consultas de rotina com foco na prevenção.

Câncer infantojuvenil

Diferente dos cânceres em adultos, a maioria dos casos em crianças e jovens ainda tem causa desconhecida. Há diversos estudos nos principais órgãos e institutos de pesquisa sobre o câncer buscando respostas para a origem da doença. Os casos mais comuns de câncer infantil são leucemias (medula óssea), linfomas (sistema linfático) e tumores no sistema nervoso central.

Por este motivo, é extremamente importante que pais, cuidadores, e profissionais da saúde estejam atentos a sinais e sintomas, permitindo a detecção precoce da doença, reduzindo possíveis complicações, e aumento as chances de cura.

Atenção aos sinais

  • Palidez, hematomas ou sangramento;
  • Caroços ou inchaços, especialmente se forem indolores, sem febre ou outros sinais de infecção;
  • Perda de peso inexplicada;
  • Febre, tosse persistente ou falta de ar;
  • Alterações nos olhos, como: pupila branca, estrabismo de início recente, perda visual, hematomas ou inchaço ao redor dos olhos;
  • Inchaço abdominal;
  • Dor de cabeça, especialmente se for incomum, persistente ou grave, vômitos (em especial pela manhã ou com piora ao longo dos dias);
  • Dor em membros como braços ou pernas, ou dor óssea, inchaço sem trauma ou sinais de infecção;
  • Cansaço excessivo.

Diante da identificação dos sintomas, a orientação é buscar aconselhamento médico por meio de unidades de saúde, hospitais e centros especializados. A prevenção e o diagnóstico precoce são ferramentas essenciais para que as crianças possam vencer a luta contra o câncer.

Fonte: Assessoria de Comunicação – RARES-NR

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe to our newsletter

Sign up to receive updates, promotions, and sneak peaks of upcoming products. Plus 20% off your next order.

Promotion nulla vitae elit libero a pharetra augue