·

Confira os vencedores do VI Prêmio Rares-NR de Reponsabilidade Social

A Rede Ambiental de Responsabilidade Social dos Notários e Registradores (RARES-NR) anuncia os vencedores do VI Prêmio RARES-NR de Responsabilidade Socioambiental, que tem como objetivo disseminar e estimular boas práticas de Governança Socioambiental em âmbito nacional. A cerimônia de premiação ocorrerá no dia 26 de agosto de 2022, durante o Congresso da Confederação Nacional de Notários e Registradores (CNR), em Fortaleza. Além disso, receberão certificado digital de participação e poderão gozar do Selo RARES-NR de Responsabilidade Socioambiental.

Os trabalhos premiados, de acordo com as categorias sinalizadas em edital, passaram pelo crivo de uma banca julgadora, composta por dois convidados renomados, e estiveram alinhados com um ou mais dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da ONU. Confira os vencedores de cada categoria:

  1. Instituição: Associação dos Notários e Registradores do Estado do Amazonas (ANOREG/AM), com o projeto Sala de Fisioterapia Tabelião Zeno Veloso.

Descrição: o objetivo do projeto é promover melhor qualidade de vida para os idosos em tratamento pós covid-19 por intermédio da reestruturação da Sala de Fisioterapia. Observou-se um aumento significativo no número de atendimentos, com registro de 700 idosos mensalmente. A longo prazo, pretende-se manter o acompanhamento dos atendimentos e da manutenção dos bens e equipamentos doados.

  • Cartórios: Cartório Extrajudicial da Comarca de Barcelos (AM), com o projeto Amigos da Comunidade.

Descrição: o objetivo do projeto é combater o sub-registro, disseminar os serviços extrajudiciais, atendimento médico e odontológico, serviços de beleza, entretenimento, atividades lúdicas e educativas, proporcionando assim, mais dignidade às comunidades indígenas e ribeirinhas. A população beneficiada com o projeto será, inicialmente, os residentes em áreas rurais próximas ao perímetro urbano ou que o acesso seja possível. Posteriormente, será estendida às comunidades rurais distantes da sede do município.

  • Estudantes: Rita Carolina de Oliveira e Francisco Alan Diniz Alencar, de Itapipoca (CE), com o projeto Itapipoca Verde.

Descrição: o programa visa, em parceria com Instituto de Meio Ambiente do Municio de Itapipoca – IMMI, criar, ampliar, recuperar e integrar áreas verdes urbanas de Itapipoca, aprimorando a gestão ambiental urbana por meio de ferramentas de mapeamento e monitoramento dessas áreas.

  • ONG´s: Instituto Novo Sertão, de Betânia do Piauí (PI), com o projeto Quintais produtivos – Agroecologia no Semiárido.

Descrição: busca-se atender comunidades rurais do semiárido, com capacitações agroecológicas para que essas famílias possam produzir seu alimento dentro de espaços pequenos (quintais) com práticas agroecológicas e de permacultura, melhorando sua convivência com o bioma do semiárido e caatinga, aumentando a oferta de alimentos dentro da família sem gerar gastos financeiros. Além disso, visa aprimorar práticas sustentáveis de plantio e criar mecanismos de compartilhamento de novas técnicas de produção e cuidado do bioma local para comunidades da região. Implantação de 40 Quintais Produtivos de produção de alimento agroecológico.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe to our newsletter

Sign up to receive updates, promotions, and sneak peaks of upcoming products. Plus 20% off your next order.

Promotion nulla vitae elit libero a pharetra augue